APOINME

Nota de repúdio à Abraham Weintraub

Nota de repúdio à Abraham Weintraub e sua portaria contrária às políticas afirmativas na pós-graduação para índios negros e pessoas com deficiência.

A coordenação da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste Minas Gerais e Espírito Santo – APOINME que representa os povos indígenas dos estados do Nordeste e mais Minas e Espírito Santo, repudia o ex-Ministro da Educação, Abraham Weintraub, que, em sua última medida no governo, revogou a portaria que estabelecia uma política de inclusão de negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência em programas de pós-graduação em universidades e institutos federais.
A portaria nº 525, publicada nesta quinta-feira (18), pôs fim à portaria normativa Nº 13, de 11 de maio de 2016, indo na contramão das ações afirmativas no estado brasileiro.

A atitude de Weintraub confirma a sua política contrária à educação inclusiva e às ações afirmativas, não só de povos indígenas assim como negros, pardos e pessoas com deficiencias confirmando o carater racista e preconceituoso e antiindígena do atual governo, atuando com persegições as minorias e menos desfavorecido.
A APOINME defende a revogação da portaria nº 525, e que seja reestabelecida portaria normativa Nº 13, de 11 de maio de 2016, garantindo uma politica de educação de inclusão aos povos indígenas, negros e pessoas com deficiaencia reduzindo assim um pouco do abismo de desigualdade social existente no Brasil.
Recife – PE 18 de Junho de 2020

Atenciosamente:

PAULO HENRIQUE VICENTE OLIVEIRA
Coordenador Geral da APOINME